Eu sonho em Technicolor

mais um blog cheio de neuroses inúteis

Aquele em que o Facebook é um problema

Eu sou viciada no Facebook. Stalkeio pessoas sem a menor vergonha na cara e fico esperando as fofocas aparecerem na minha timeline. Mas o problema é quando a stalkeada sou eu.

Não costumo a adicionar pessoas que estudaram comigo no colégio porque eu nunca fui a pessoa, digamos assim, mais popular. Ou seja, só tenho três ou quatro amigas dessa época. Isso explica a minha surpresa quando eu vi quem tinha pedido para me adicionar semana passada, uma menina que estudou na alfabetização comigo. O melhor é que o friend request vem com o recado profundo: “O q vc tem feito”

“Bom, em 96 eu aprendi a escrever e logo fui fazendo a letra cursiva. Mas acho que você pulou essa fase já que continua abreviando tudo o que vc escreve.”

Não vejo a criatura a no mínimo 16 anos e ela tem a coragem de me perguntar o que eu tenho feito da minha vida. Podia falar que a primeira série foi difícil pra mim, mas que na segunda encontrei um grupo legal e passávamos os recreios cantando Spice Girls. Ou que uns anos mais tarde eu cismei que meu destino era morar na Irlanda. Ou que fiz uns intercâmbios e estudo jornalismo.

Aceitei o pedido e respondi: “Nada demais, tudo na mesma. E você?”

Anúncios

Navegação de Post Único

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: